Por que integrar o Sistema de Gestão com o E-Commerce?

Conheça os benefícios de integrar as duas tecnologias.

Os sistemas de gestão existem no mercado há anos, trazendo soluções que reduzem riscos, evitam perdas e otimizam os processos de todos os departamentos de uma empresa. Com o crescimento do e-commerce, a necessidade de passar para o “online” tem se apresentado como uma das alternativas mais rentáveis para todos os tipos de negócios, fazendo com que eles incluam esse novo canal de vendas à dinâmica da empresa. E como lidar com as duas tecnologias? Para garantir excelentes resultados comerciais, é necessário integrar o sistema de gestão com o e-commerce.

Sistema de Gestão x E-commerce

Primeiramente, é preciso entender a diferença entre essas duas tecnologias. Os sistemas de gestão, como o ERP, são responsáveis pela administração geral da empresa, de todos os recursos e departamentos que a compõem: finanças, área tributária, gestão de estoque, logística, relacionamento com o cliente, entre outros. 

Enquanto o ERP está focado na gestão da empresa, o e-commerce, está focado na ampliação de vendas. Ter um e-commerce bem estruturado, alinhado a uma boa estratégia de marketing digital, permite que seus clientes entendam o valor de seus serviços e produtos. Também é possível eliminar as distâncias geográficas, alcançar nichos de mercado, disponibilizar catálogos completos e atualizados, fazer promoções, entre muitas outras vantagens.

Por que só uma tecnologia não é suficiente?

O sistema de gestão faz o controle financeiro e de faturamento, mantém o banco de dados com o cadastro dos clientes e os detalhes das transações de cada um. Mas sua interface não permite que o cliente faça o pedido sem a ajuda do revendedor, algo que pode ser realizado em uma plataforma de vendas online.

Isto é, o e-commerce foca somente nas vendas geradas no canal online. Dessa forma, uma plataforma não deve fazer a gestão contábil, nem de custos ou recursos humanos, assim como o sistema de gestão não deve administrar as vendas online, promoções e carrinhos abandonados, por exemplo.

Em outras palavras, um sistema não consegue substituir o outro. Por isso, integrar o sistema de gestão com o e-commerce é um passo natural e inevitável para simplificar o trabalho, facilitar a tomada de decisões e garantir o sucesso dos negócios. Ao realizar a integração, você ganha maior precisão operacional e produtividade, já que as duas tecnologias se completam. 

Benefícios de integrar o sistema de gestão com o e-commerce

Quando o e-commerce é ainda pequeno, realizar todas as ações manualmente (cadastro de produtos, conferência de vendas, monitoramento de estoque, emissão de notas fiscais e envio de mercadorias) pode parecer fácil. Mas se as vendas começam a crescer, esse processo se torna quase impossível, aumentando as chances de ocorrerem erros e prejuízos. A integração com o sistema de gestão pode resolver esse problema, pois:

  • Os inventários offline x online ficam integrados e as informações são atualizadas em tempo real;
  • As alterações de preço são feitas automaticamente;
  • As vendas são realizadas sem a necessidade de colaboradores fazerem a encomenda.
  • Os erros humanos, como tarefas duplicadas e informações redundantes, são minimizados.

Em plataformas de e-commerce que possuem integração perfeita entre o sistema de gestão, a operação é toda centralizada. Dessa maneira, é possível acompanhar o estoque, cadastros de clientes e produtos, vendas e obter informações sobre o time comercial. Tudo em um único lugar e com atualização automática. Isso traz eficiência para as operações e facilidade caso você migre suas lojas para marketplaces ou para outras plataformas.
Integrar o sistema de gestão com o e-commerce, duas tecnologias essenciais para o crescimento de uma empresa, pode agilizar processos, melhorar a comunicação entre os setores e aumentar o alcance territorial das vendas. Entre em contato aqui para saber como a Plataforma de E-commerce Flexy pode integrar-se ao seu sistema de gestão.

intgração e-commerce e ERP