logística para e commerce

Logística para e-commerce: saiba como escolher seu parceiro

No Brasil, a questão do frete é um desafio constante em relação à logística para e-commerce e custos da operação como um todo. O fato é que não basta ter um site atraente, com acesso facilitado e variedades de produtos, se os pedidos, por exemplo, não chegarem a tempo aos clientes.

Somado aos custos de transporte e rota, estão o preço do frete para o consumidor e o gasto da operação para o e-commerce. Embora, atualmente, haja certa expectativa de que as lojas online possam oferecer frete grátis, a logística para e-commerce não é assim tão favorável para que esse seja um benefício sustentável.

Nesse sentido, veja como as estratégias de entrega funcionam e influenciam o comerciante virtual. Saiba também como um bom sistema pode ajudar o e-commerce!

Entenda como funciona o frete para um comerciante virtual 

O frete e a logística sempre foram um desafio para as lojas virtuais. Quanto a isso, uma estratégia que já foi muito usada por vários lojistas foi a de oferecer envio grátis por prazo menor de entrega.

Mas, com o tempo, foi percebido que isso gera muitos custos com transporte para o comerciante e resulta em uma operação difícil de sustentar. 

Outra forma, que já vem sendo adotada nos países estrangeiros e por alguns negócios no Brasil, é oferecer ao cliente modalidades de frete pago por um prazo de entrega mais rápido. Ou seja, trata-se de uma forma de atrair os clientes com opções mais amplas de frete.

No entanto, há diversos fatores que podem influenciar no frete das lojas virtuais, tais como: 

  • leis regionais específicas;
  • restrição de circulação de veículos;
  • preços altos em combustíveis;
  • pedágios caros;
  • estradas em péssimo estado de conservação
  • questões de segurança, entre outros. 

Isso mostra o quanto é preciso pensar a questão estrategicamente para que não haja prejuízo para o e-commerce e nem impactos para o cliente.

Como acontece o processo de entrega para e-commerce 

Uma forma de pensar a logística para e-commerce é conhecendo o processo de entrega das lojas virtuais, que ocorre em 4 fases:

  1. O comércio é notificado

Assim que um pedido é realizado, o e-commerce recebe uma notificação. A partir daí, vêm as seguintes etapas: 

  • validação do endereço;
  • confirmação de estoque e separação do produto;
  • emissão de nota fiscal;
  • definição de transportador;
  • classificação das etapas finais (data, peso, local, etc.).
  1. Os pedidos são coletados

Esse é o momento em que é escolhida a embalagem do produto, considerando o formato, peso, tamanho e o nível de fragilidade. Além de ser quando ocorre a coleta dos pedidos já registrados.

  1. A mercadoria é roteirizada

É preciso classificar os pedidos conforme a localização do destinatário para que os envios de destinos próximos estejam na mesma rota, o que economiza custos de transporte. Após isso, os pedidos são entregues para a transportadora.

  1. A entrega é efetuada

Os custos do envio por correios ou transportadora privada, por exemplo, dependerão do CEP do destinatário, peso e tamanho do objeto, além das diferentes opções de envio. 

Tipos de logística de envio 

Agora, veja os principais tipos de logística para e-commerce:

  • Correios: é uma das principais opções de entrega para pedidos menores do que 200 cm e que pesam menos de 30 kg;
  • Courier: são serviços postais de entrega rápida, podendo ser nacional ou regional;
  • Rodoviário: indicado para carregamentos em grande escala, sem restrições de peso e tamanho, permitindo flexibilização de rota e acesso a regiões remotas;
  • Expresso: tem foco na agilidade dos prazos por preços maiores de frete, sendo recomendado para entregas urgentes e com risco de furtos ou extravios;
  • Especializada: são transportadoras especializadas em entregas de produtos de carga frágil e de valor alto;
  • Social delivery: é um tipo de “entrega colaborativa” que permite que pessoas comuns ofereçam serviços, como um uber de entrega de produtos;
  • Exterior: é focado em envios estrangeiros e que exigem logística diferenciada.

Novas tendências de entrega 

Com a transformação digital avançando, novas modalidades têm surgido para facilitar a logística para e-commerce, como:

  • Click & Collect: nesse tipo, a venda do produto ocorre por meio da plataforma de e-commerce, mas o consumidor busca a mercadoria no estabelecimento físico da empresa.
  • Lockers: já essa modalidade distribui estações de entrega de produtos ao redor da cidade, em locais estratégicos, para que o consumidor possa buscar seu pedido.

Funções indispensáveis para um bom sistema de entregas e-commerce 

Otimização inteligente de rotas

É quando o sistema cria uma estratégia de entrega, baseando-se na localização do entregador e nos possíveis imprevistos ou acidentes para refazer a rota sempre que necessário.

Previsão de entrega e agendamento

Essa funcionalidade de previsão e agendamento permite que o cliente saiba exatamente quando o pedido será entregue e pode até mesmo marcar a entrega para quando puder receber a compra.

Avaliação do serviço

Função que permite saber a opinião dos clientes. Além disso, oferece acesso para que saibam informações do motorista, proporcionando maior segurança na entrega. 

Assinatura digital

A assinatura digital agiliza o processo de forma automatizada. Assim, logo que o cliente confirmar o recebimento da compra, a informação é enviada automaticamente para o sistema. 

Leitura de código de barras

O leitor de barras serve para organizar e despachar os pedidos, evitando erros no momento do envio. Ele identifica cada pacote e o veículo que será direcionado, além de possibilitar a confirmação de que a entrega foi feita.

Monitoramento em tempo real e chat com o motorista

A função de monitoramento possibilita acompanhar os pacotes em tempo integral e entrar em contato com o entregador o que permite saber se há extravios e a localização exata do pedido.

Dashboards com indicadores

Um dashboard precisa ser interativo e permitir monitorar os indicadores sobre os processos. Assim, a empresa pode aplicar melhorias e também pensar em como otimizá-los.


Agora que você sabe como escolher um bom parceiro de logística que melhor atenda o seu comércio virtual, saiba que pode contar com a Flexy, uma plataforma de e-commerce completa e robusta que atende diversos tipos de negócios. 

Quer saber como funciona? Conheça as nossas soluções e veja os benefícios!

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar