oferecer e-commerce

Minha agência está preparada para oferecer e-commerce? Descubra neste post.

Oferecer e-commerce é um grande passo para as agências, que conseguem diversificar a carteira de serviços, agregar mais campanhas à conta de um cliente e ainda se diferenciar no mercado. Mas é importante determinar se você está realmente preparado para esse passo. Abaixo, listamos alguns requisitos que você deve atender para oferecer e-commerce de forma qualificada.

Encontrar a empresa de tecnologia certa para realizar uma parceria

A parceria é importante para que você possa vender e-commerce na agência sem sair do seu core business. Ao procurar uma empresa parceira, veja além da carteira de clientes que possuem: verifique o tipo de serviço que ela oferece, se possui boas avaliações etc. Essa parte é importante para não colocar o seu cliente em alguma cilada, indicando um fornecedor que não vai dar a assistência necessária.

Para oferecer e-commerce é necessário entender de publicidade digital

Uma das vantagens de oferecer e-commerce, para as agências, é a possibilidade de oferecer mais serviços para um mesmo cliente. Enquanto você oferecia campanhas pontuais na forma de comerciais televisivos, outdoors e revistas editoriais para distribuição nas lojas, por exemplo, você poderá atender novas demandas. Afinal, a criação de um e-commerce exige divulgação online, manutenção de mídias sociais, criação de layout e até planejamento e execução de campanhas, como a Black Friday. Quanto mais conhecimento de publicidade digital você tiver, melhor.

Se especialize em layout focado em conversão

O layout de um e-commerce vai além dos requisitos normais de um site: é preciso trabalhá-lo bem para  atrair o maior número de pessoas e, principalmente, estimular esses visitantes a comprar, ter uma boa experiência de navegação e até fazer com que retornem.

Conhecer SEO

Esse é um requisito básico para aqueles que querem oferecer e-commerce. Search Engine Optimization (SEO) nada mais é que uma série de técnicas que fazem com que os buscadores encontrem melhor a loja ou site do seu cliente. Esse é o tipo de serviço que a agência deve se preparar para atender, caso ainda não ofereça, mas é um serviço tão especializado que vale a pena terceirizar para alguém que tenha o conhecimento técnico.

Bônus!

Essas dicas bônus são serviços que você pode oferecer quando que já trabalha com e-commerce.

  • Marketing de conteúdo: esse serviço é importante para tornar o seu cliente uma referência na área que ele trabalha ou no serviço/produto que ele vende. São conteúdos (blog posts, e-books ou white papers, geralmente) que vão trazer visitantes de forma orgânica, pelas buscas do Google. Você pode se preparar para desenvolver ou buscar uma parceria aqui também, com empresas de assessoria de imprensa ou conteúdo de marketing digital.
  • Análise da estratégia de mix de produtos: no momento que você for colocar o seu cliente para vender online, deve entender se o produto concorre como comodities (liderança pelo custo total) ou se a empresa tem condições de desenvolver algum produto de nicho (estratégia de liderança pela diferenciação). É importante ter essas características em mente, pois quanto mais comoditizado for o mercado do seu cliente, maior será o investimento em mídia e maior a importância que deve dar à precificação dos produtos. Oferecer produtos diferenciados, ou de nichos específicos, é uma grande estratégia, já que a maior taxa de sucesso de vendas são nesses produtos.

Com base nos tópicos desse post, você acha que a sua agência está pronta para oferecer e-commerce? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo!

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar