ABComm e e-commerce

Por que é importante você buscar entidades representativas de e-commerce

Todos sabemos que um setor econômico mais forte está sempre respaldado por entidades representativas, como associações e sindicatos, por exemplo. A medida que um segmento se desenvolve e cresce, chega a hora em que o papel destas entidades é primordial para quem aposta nestas áreas. É o caso do comércio eletrônico. Em comparação com o mercado como um todo, o e-commerce ainda é um movimento recente no Brasil, mas que precisa de representação. No país, a principal entidade ligada ao comércio online é a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Leia Mais

marketing e e-commerce Kotler

O que Kotler pode nos ensinar sobre marketing e e-commerce?

Outro dia fui surpreendido com uma grata entrevista no site da Revista Exame com um dos precursores dos estudos de marketing em todo o mundo, o respeitado Philip Kotler. É um texto muito interessante e que nos provoca, a ponto de refletir se estamos fazendo, pelo menos, o básico, pelos nossos negócios em relação ao marketing. Muitas das palavras deste veterano professor, que escreveu a bíblia Administração e Marketing, nos anos 60, podem ser adaptadas perfeitamente para o universo do comércio eletrônico. Ele tem muito a nos ensinar sobre marketing e e-commerce. Leia Mais

hospedagem de e-commerce

Hospedagem de e-commerce: alta disponibilidade e segurança extrema

A hospedagem de e-commerce pode ser muito simples no momento em que não se vende. Ou seja, nos períodos de baixo movimento na sua loja online, quando raramente ocorrem problemas técnicos no site e o processo de compra ocorre sem solavancos, satisfazendo o consumidor. No entanto, todos sabemos que se você investiu em e-commerce é para vender bastante, assim como uma loja física, para expandir suas vendas e melhorar o resultado dos seu negócio. Nesta ótica, preste muita atenção na hora de escolher a melhor hospedagem para a loja virtual. Dois fatores indispensáveis: alta disponibilidade e segurança extrema. Leia Mais

O que Steve Jobs pode nos ensinar sobre e-commerce

Que Steve Jobs é um mito da inovação tecnológica, não é novidade para ninguém. O fato é que antes da sua partida repentina, o criador da Apple deixou de lembrança ensinamentos valiosos para quem deseja empreender e ser vitorioso nos negócios. Um dos textos mais famosos extraídos do seu legado é o que aborda as sete regras para obter sucesso. Essas regras são bastante abrangentes, aplicam-se a diversos tipos de situações. Não seria diferente com o e-commerce. Se fizermos as devidas adaptações para a nossa realidade, Jobs nos leva a uma reflexão bem interessante sobre o comércio eletrônico, se estamos no caminho certo. Neste post, vamos analisar algumas das relações entre Steve Jobs e e-commerce, com base nas sete regras deste lendário guru. Leia Mais

plataforma de e-commerce

3 fatores de uma plataforma de e-commerce ​de alta performance​

Durante minhas pesquisas para montar nossa plataforma aqui na Flexy, busquei algumas referências e características fundamentais para uma plataforma de e-commerce se destacar frente à concorrência. O mercado de soluções para lojas virtuais está cada vez mais commoditizado e, portanto, exige inovação e recursos fora da curva.

Depois de conversar com empresários, conhecer as demandas do mercado e ver o que se trabalhava no exterior, gostaria de compartilhar com vocês os 3 fatores que diferenciam uma plataforma de e-commerce ​de uma mera ferramenta, que gera​m​ uma experiência de compra agradável para o consumidor e rentável para o varejista. Leia Mais

Os três pontos mais importantes de uma loja virtual de sucesso

loja virtual de sucessoNo artigo de hoje, quero responder uma dúvida comum para muitos empreendedores: quais são os pontos mais importantes para começar uma loja virtual de sucesso? Vou comentar aqui sob o ponto de vista dos e-commerces tradicionais, B2C, mas alguns aspectos caem muito bem no e-commerce descentralizado, focado em cadeias produtivas B2B (indústrias, por exemplo).
No projeto de uma loja virtual de sucesso, muitos gestores têm dúvidas sobre os investimentos que devem priorizar. Nesse caso, gosto de fazer uma analogia com o varejo offline. Na hora de montar uma loja, é muito difícil começar sem uma boa infraestrutura, sem uma boa metodologia de gestão de caixa e de estoque (seja manual ou eletrônica), sem um contador… São aspectos indispensáveis para entrar nesse segmento. No comércio eletrônico, não é diferente.Existem pontos fundamentais para investir antes de abrir uma loja virtual. Leia Mais

Para que serve uma plataforma de e-commerce?

Para que serve uma plataforma de e-commerce?

Em um dos nossos últimos posts, questionamos se você estava preparado para fazer vendas pela internet. Isso porque entrar para o e-commerce exige planejamento é um orçamento bem estruturado, com antecedência, para evitar frustrações futuras. Como mencionamos naquele post, um dos pontos cruciais que resultam no sucesso desta estratégia é a escolha correta de uma plataforma de e-commerce, que atenda suas necessidades e não venda “gato por lebre”, sem enganações. Mas você sabe realmente quais são as funcionalidades de uma plataforma de e-commerce? Podemos resumir que são poderosas ferramentas de gestão de vendas online, que pode contribuir e muito para dar um fôlego nos seus negócios.

Leia Mais

projetos de e-commerce B2B

3 erros imperdoáveis para projetos de e-commerce B2B

Quero aproveitar o lançamento do nosso primeiro e-book, focado em e-commerce descentralizado para indústrias, para fazer uma provocação. Vejo muitos projetos de e-commerce B2B com um grande potencial, mas que acabam naufragando por um ou outro fator. Alguns erros nessa área são, simplesmente, imperdoáveis – porém, muitos gestores continuam insistindo nessas práticas.

No artigo de hoje, vou elencar as três principais armadilhas de projetos de e-commerce B2B que devem ser evitadas por todos. Leia Mais

publicitários e o e-commerce

Publicitários e o e-commerce: uma parceria de sucesso

Com um número expressivo de crescimento, o e-commerce tem sido alvo de especulação de diversos setores produtivos. Contou com 51 milhões de consumidores em 2013, segundo dados da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), e isto tem feito com que muitos profissionais vejam neste mercado uma oportunidade. O setor de serviços tem espaço online garantido e é a partir desta informação que mostraremos como os publicitários também podem se beneficiar neste ambiente. Leia Mais

Impostos no e-commerce: as vitórias do comércio eletrônico na área tributária

Dados divulgados pela consultoria e-Bit evidenciam os fatos: o comércio eletrônico não pode ser mais ignorado pelo varejo. As vendas no varejo pela internet no Brasil cresceram 28% de 2012 para 2013. Foram movimentados R$ 28,8 bilhões em vendas pela internet só no Brasil. Só em 2013, mais de 53 milhões de pessoas compraram online e chegamos a 37 mil lojas virtuais, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Em 2014, a expectativa é alcançar 45 mil lojas e faturar R$ 39,5 bilhões neste ano. E está alcançando, principalmente, nas datas comemorativas, quando as vendas online tem superado – e muito – as do varejo tradicional. Frente a estes números, é preciso dar atenção também a questão dos impostos no e-commerce, que muitas vezes parece andar na contramão deste crescimento, apesar dos amparos técnicos que a ABComm presta para que os legisladores comecem a analisar com mais cuidado as particularidades do comércio eletrônico. Leia Mais