sistema de e-commerce B2B

3 restrições do EDI derrubadas com sistema de e-commerce B2B

Modernizar os processos de uma indústria pode ser um desafio. O grande número de softwares disponíveis pode fazer parecer que todos fazem a mesma coisa ou que um é dispensável com o uso de outro. Mas isso nem sempre é verdade, como é o caso do EDI ao implantar um sistema de e-commerce B2B. Nesse post, vamos mostrar três restrições do EDI que o software de e-commerce ajuda a realizar, mas é importante ressaltar que um não substitui o outro.

Por que não?

O EDI – Electronic Data Interchange, ou Intercâmbio Eletrônico de Dados, é uma rede que “permite o movimento eletrônico de documentos padrão de negócio entre, ou dentro, de empresas”. Na prática, o EDI permite, por exemplo, que uma empresa compradora solicite mais produtos de uma empresa vendedora, sem que haja interação entre as equipes de vendas e gestão de estoque. Aí, já enfrentamos a primeira restrição:

  1. O EDI permite o pedido de unidades que já foram vendidas para a empresa em contrato. A venda não acontece de fato nesse sistema. No sistema de e-commerce B2B, o cliente pode realizar o pedido e comprar novas unidades pelo autoatendimento, sem necessitar de um vendedor na hora da compra. Ele é capaz, portanto, de automatizar a venda.
  2. O sistema de e-commerce B2B também funciona como um catálogo virtual, enquanto o EDI apenas automatiza o pedido. O comprador poderá acessá-lo para conseguir mais informações do produto, medidas, composição etc.
  3. Noe-commerce B2B, existe a possibilidade de vender também para clientes médios, pequenos e micro, como já falamos em um post anterior, permitindo com que a indústria aumente a capilaridade das suas vendas e atinja regiões que antes não eram exploradas.

O EDI não é dispensável. Pelo contrário, ele é importante para negócios com alto volume de pedidos e com contratação constante ao longo de vários meses em que um sistema possa agir ao longo desse tempo. O sistema de e-commerce B2B é uma tecnologia complementar quando a indústria precisa expandir além dessas vendas.

Você acha que o sistema de e-commerce B2B pode ser bom para o seu negócio? Deixe um comentário abaixo!

Comentar

One thought to “3 restrições do EDI derrubadas com sistema de e-commerce B2B”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar