Clube de Assinaturas: qual a melhor tecnologia para compras por recorrência?

Entenda o que não pode faltar para montar um clube de assinaturas de sucesso.

A venda de produtos e serviços por meio de um clube de assinaturas não é algo novo: quem se lembra de receber em casa a edição do mês da revista favorita? 

Com as mudanças no modo de consumo, o modelo evoluiu e se adaptou ao universo online, trazendo opções cada vez mais criativas e atraentes para os consumidores e ainda mais rentáveis para os empresários.

Segundo dados internos da Betalabs, no Brasil, os clubes de assinaturas cresceram 32% apenas no primeiro trimestre de 2021. Em 5 anos, o número de negócios que atuam neste mercado passou de 300 para mais de 4 mil. Além das vantagens do modelo, o crescimento diz respeito a dois principais fatores:

  1. A consolidação do comércio eletrônico: o país contabilizou 182,7 bilhões de vendas online em 2021, de acordo com o último relatório Webshoppers.
  2. As plataformas de e-commerce programadas especificamente para esse tipo de venda estão cada vez mais comuns e eficientes.

Por que os clubes de assinaturas fazem tanto sucesso?

A principal característica de um clube de assinatura é a compra por recorrência. O cliente paga um valor mensal ou anual, de acordo com um plano escolhido, e o serviço é liberado ou o produto é entregue no conforto de casa.

Para os consumidores, a assinatura de um clube, seja de bebidas, alimentos, produtos pet, infantil, streaming, cursos, ferramentas de edição, e por aí vai, está ligada a experiência de compra

Eles podem se beneficiar de um desconto especial em produtos que consomem com frequência, ter acesso a itens exclusivos ou experimentar algo novo todo mês. Isso tudo sem precisar repetir o processo de compra. Em outras palavras, os clientes doam sua fidelidade em troca de conveniência. 

Para os empresários, as assinaturas trazem previsibilidade e controle das receitas. Basta conquistar o cliente uma única vez e os esforços passam a ser mantê-lo satisfeito.

Por que eles precisam de uma tecnologia específica? 

Diferentemente do e-commerce B2C tradicional, cujo objetivo é vender o máximo de produtos ao máximo número de pessoas, no clube de assinaturas, o objetivo é garantir a venda pelo maior número de vezes ao mesmo cliente. 

Essa repetição, chamada de compra por recorrência, é o elemento que mais exige tecnicidades da plataforma de e-commerce contratada. Ela deve ter funcionalidades focadas principalmente nos métodos de pagamento.

Ainda que tenham essa característica em comum, engana-se quem pensa que há um único jeito de vender e disponibilizar serviços de forma online seguindo o modelo de assinaturas. Conheça os tipos mais comuns a seguir. 

compra por recorrência no clube de assinaturas
Imagem 1: Tipos de compra por recorrência – 
 Fonte: Recorrência: Estudo Independente (Rodrigo Dantas/VENDI, 2018) 

Nota do autor: Você se lembra como eram pagas as mensalidades das academias? Geralmente por meio de cheques pré-datados. A Smart Fit  revolucionou esse segmento ao criar planos mensais ou anuais acessíveis e com vantagens de uso por meio do cadastro do cartão de crédito.

Quais funcionalidades são essenciais para criar um clube de assinaturas? 

A plataforma precisa ter um conjunto integrado com um bom gateway de pagamentos, capaz de realizar o pedido e a cobrança automática pelo tempo de contratação. O objetivo é que o cliente não precise refazer pedidos durante o período contratado.

A plataforma também deve possibilitar que o assinante seja identificado em suas compras com pagamentos “one shot“, a fim de receber algum tipo de benefício ou desconto.

Como você viu na imagem 1, um clube de assinaturas não se refere somente ao recebimento de produtos em casa por determinado tempo. Em alguns casos, essa assinatura é apenas para que o cliente tenha vantagens ao comprar em determinada loja.

Dito isso, entende-se que a plataforma de e-commerce deva dar suporte à identificação dos perfis de clientes para promover essa diferenciação no atendimento. Quanto mais personalizado, melhor. Um exemplo desse modelo é o supermercado online Minha Cooper, onde o assinante é um cooperado que tem preços diferentes do público em geral.

Principais cuidados:

Lembre-se que os clientes que se tornam assinantes da sua loja deixam de ser meros consumidores e passam a ser “clientes VIP”. Essa condição os torna muito mais exigentes.

  • O sistema deve ter simplicidade na adesão e no cancelamento.
  • Os serviços e produtos devem ser disponibilizados com transparência.
  • Os preços de cada plano podem ser disponibilizados por meio de tabelas comparativas, para que o consumidor perceba a vantagem entre eles. 
  • Não pode haver falhas na entrega pois a expectativa costuma ser altíssima.
expectativa na entrega
Imagem 2: expectativa para a entrega

Você já possui um e-commerce?

Se você já vende produtos por meio de um e-commerce, pode pensar na possibilidade de ampliar seu portfólio com a criação de um clube de assinaturas. Um tipo de venda não exclui o outro. 

Na Plataforma Flexy, basta que o empresário contrate o gateway que efetua recorrência, já integrado nativamente em nossa plataforma, para ser capaz de realizar esse tipo de venda. 

Você quer criar um clube de assinaturas do zero?

Para quem deseja criar um clube de assinaturas do zero, é preciso estudar as tendências do mercado. Os segmentos de beleza, cuidados pessoais, alimentos e bebidas correspondem a 54% dos inscritos em algum clube de assinatura no Brasil, segundo os dados da Betalabs. 

A principal dica é fazer o planejamento do negócio junto com uma equipe especializada que forneça a melhor tecnologia e o melhor suporte para criar um negócio de sucesso. 

Se você também quer oferecer a opção de clube de assinaturas para seus clientes e disparar na frente da concorrência, fale aqui com um consultor Flexy: vamos ajudar você a tirar seu projeto do papel.

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar