Como funciona a implementação acompanhada na Flexy?

Processo é feito por etapas e conta com apoio de especialista

Ao contratar a Flexy para desenvolver o seu projeto de e-commerce, você não estará levando apenas um “software de vendas” mas, sim, um conjunto de serviços importantes para colocar seu site no ar: desde a configuração inicial, passando pela publicação e com suporte após a implementação. Como esse processo é realizado em diversas etapas, sempre surgem algumas dúvidas no meio do caminho. Neste artigo, vamos esclarecer como funciona a implementação acompanhada na Flexy.

Vale lembrar que colocar um site no ar não depende somente do desenvolvedor da plataforma. Na Flexy, a parte do software é entregue imediatamente após o contrato assinado, já que a tecnologia já está pronta e totalmente desenvolvida. A partir daí, iniciam-se as etapas de implementação. Para tal, conta-se com o trabalho de diversos outros fornecedores, com funções e responsabilidades específicas. 

Além disso, o projeto recebe o apoio de um profissional de Customer Success, que auxilia na gestão e dá instruções sobre configurações e integrações necessárias durante todo o processo. É por isso que chamamos de implementação acompanhada: ao criar sua loja virtual, você não estará sozinho!

No infográfico abaixo (figura 1), descrevemos as etapas de implementação. Algumas delas, como as configurações, o desenvolvimento de layout e as integrações podem ser feitas de maneira simultânea, portanto, não seguem necessariamente a sequência apresentada.

Figura 1 – Jornada do Cliente Flexy durante implementação do e-commerce

1. Aceite da proposta e assinatura do contrato

Nossa equipe comercial tem a missão de encontrar a solução que melhor se encaixa com o objetivo e orçamento do seu projeto e apresentar uma proposta. Depois de assinado o contrato, podemos dar o “pontapé inicial” na implementação da loja virtual.

2. Agenda de Kick Off

Depois da assinatura do contrato, a equipe responsável pelo “onboarding” do cliente organiza a agenda de kick-off, que é a primeira reunião de organização do projeto. Neste momento inicial, todos os envolvidos têm uma visão geral do processo e ficam cientes de suas responsabilidades.

3. Início do onboarding e acesso às ferramentas

O “onboarding” é um termo emprestado da área de Recursos Humanos para designar a integração do funcionário dentro da empresa. No caso da Flexy, o onboarding significa a integração do cliente ao produto que ele acabou de adquirir. Isso quer dizer que neste momento faremos a apresentação completa da plataforma e de todos os seus recursos, além de ensinar como utilizá-la. 

Também é nesta etapa que o cliente recebe os acessos ao painel administrativo da loja virtual, para que ele inicie as configurações, como, por exemplo, o cadastro de produtos. O cliente também ganha acesso à ferramenta de gestão de projetos para conferir o status e andamento de acordo com o cronograma estabelecido na etapa de kick-off (item 2). 

4. Configurações

O conteúdo do site é definido na etapa de configuração do e-commerce, que exige bastante cuidado e paciência. É neste momento que você fará o cadastro dos produtos – descrições, upload de fotos, definirá os preços, promoções, estoque e as políticas comerciais que foram estabelecidas no planejamento do projeto. 

As configurações também compreendem a integração de gateways de pagamento e serviços de entrega. Por isso, vale lembrar que essa etapa acontece de forma simultânea ao layout e às integrações (itens 5 e 6), já que elas acabam sendo co-dependentes. 

Espera-se que o cliente tenha conhecimento de todos os recursos disponíveis na Plataforma Flexy para fazer o melhor aproveitamento, mas ele poderá contar com a ajuda do nosso especialista onboarding para encontrar as melhores opções. 

5. Layout

A Plataforma Flexy permite que o cliente desenvolva um layout exclusivo, podendo customizar o front-end da loja virtual. Muitos clientes já possuem uma empresa parceira responsável por essa parte, mas, se não for o caso, fazemos a sugestão por algum de nossos parceiros. 

É importante que o site fique com a cara da sua empresa! Não somente na parte visual, mas também nas configurações (item 4). Nesse sentido, a Flexy facilita o trabalho dos programadores, especialistas em SEO e designers, permitindo incrementos, já que a plataforma não é “engessada”.

6. Integrações

A lista de parceiros para integrações também é grande. Essa etapa é importantíssima para o bom funcionamento da loja virtual e depende do serviço de diversos fornecedores diferentes: ERP, pagamento, logística, chatbot, etc. Cada um deles possui um planejamento próprio de escopo e fluxo de dados até que cheguem na homologação final. 

A integração do sistema de gestão da empresa (se houver) com o e-commerce também deve ser feita para garantir a sincronia de todos os dados importantes do negócio. 

7. Homologação

A homologação consiste na etapa final antes da publicação do site: quando ele fica disponível ao cliente final. Aqui, fazemos diversos testes, revisões das informações e seguimos com os ajustes até a aprovação. 

8. Publicação

Depois de testado e aprovado, chega o momento de publicar a loja virtual. Desde a etapa de kick-off até  aqui, você pôde contar com a ajuda do seu especialista onboarding. Depois de publicado, seu projeto é direcionado aos profissionais de Customer Success: “Solutions”, para suporte técnico, e o “Customer Success Manager”, gestor da conta que acompanhará seu projeto até o final do ciclo estabelecido em contrato, garantindo que a loja obtenha bons resultados comerciais. 

O tempo total de implementação para projetos de e-commerce pode variar muito e depende da velocidade de andamento de todas as etapas que citamos anteriormente, podendo envolver prazo de entrega de outros fornecedores além de esforço do próprio cliente. Na Flexy, a média fica em torno de 90 dias. Certos projetos podem ser colocados no ar em 30dias, enquanto outros podem levar até 180 dias. 

Leia também: Em quanto tempo consigo colocar meu e-commerce no ar?

9. Suporte online via Zendesk

Também fica disponível para os clientes da Flexy o suporte online via Zendesk, sistema de atendimento para monitorar, priorizar e resolver tickets de suporte ao cliente final da sua loja virtual. A integração é uma garantia de que você nem o consumidor fiquem desamparados caso ocorra algum problema técnico na plataforma.

#

Em suma, uma plataforma de e-commerce que se destaca não entrega apenas um software de vendas. Ela empodera o empresário com todas as ferramentas e os​ conhecimentos necessários para começar a escalar sua loja virtual.

Além de entregar a tecnologia, a Flexy fornece os serviços, as atualizações tecnológicas, a estrutura de servidores, a gestão de segurança e os especialistas atentos ao seu projeto. É assim que funciona a implementação acompanhada na Flexy: com o apoio desde as configurações iniciais até a publicação final e acompanhamento constante dos nossos profissionais. Vamos crescer juntos? Solicite seu orçamento aqui.

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar