Meu projeto de e-commerce não fica pronto nunca: o que pode estar errado?

4 fatores que influenciam o tempo de entrega.

Você já passou por uma das etapas mais importantes da implantação de um e-commerce: a escolha do fornecedor da plataforma. Já conhece todas as funcionalidades, já estipulou prazos, já dividiu todas as tarefas. Agora, não vê a hora de colocá-lo no ar para começar as vendas. Porém, se depara com outra situação: o site não fica pronto nunca. O que pode estar errado?

De fato, o processo de implantação de um e-commerce exige tempo e paciência, principalmente se o seu projeto for complexo. Mas, se ele está demorando muito mais do que o estipulado, algo pode estar errado. A seguir, vou discutir 4 pontos que podem estar influenciando na demora da entrega do seu projeto.

1- Fornecedores Especializados

Em primeiro lugar, é preciso entender que colocar um site no ar não é tarefa exclusiva do desenvolvedor da plataforma, por exemplo. Ele depende da ação de diversos outros fornecedores com funções bem específicas:

  • O fotógrafo dos produtos;
  • A agência de publicidade que criará o design e o conteúdo;
  • O sistema que fornecerá os pagamentos;
  • O sistema de fretes;
  • O consultor de e-commerce;
  • Entre outros!

Se cada um deles está ciente da sua responsabilidade e realiza bem sua função, o processo não será só executado com qualidade, mas também com muito mais rapidez.  No entanto, se você contratou uma plataforma dita “milagrosa”, que faz de tudo, talvez ela precise de mais tempo para implementar algumas funções que ela não domina tão bem.

Leia também: Como escolher fornecedores a longo prazo?

 

2- Unificação do Cronograma

De nada adianta ter um fornecedor especializado para cada função, se eles não estão alinhados com o cronograma de entrega. Cada solução precisa de um tempo específico de desenvolvimento. Certifique-se de que todas elas estejam bem detalhadas no planejamento, com data, tempo de produção e prazo de entrega, e que ele seja compartilhado com todos.

Esse alinhamento evita possíveis “empurra-empurras” durante a implantação, já que algumas funcionalidades dependem de outras para funcionarem. Por exemplo, só é possível cadastrar os produtos se as fotos já estiverem prontas.

Caso a plataforma de e-commerce que você contratou possua um profissional de Customer Success, ele poderá te auxiliar no desenvolvimento do cronograma e fazer alertas sobre fornecedores que estejam desalinhados.

 

3- Plataforma em desenvolvimento

Se o seu projeto tem necessidades específicas, pode ser que a plataforma que você contratou não esteja realmente pronta para solucioná-las. Isso exige que o desenvolvedor aplique mudanças durante a implantação. O resultado? Demora na entrega.

Infelizmente, algumas empresas vendem softwares que não estão 100% finalizados. Para evitar esse tipo de improviso, peça para ver o sistema funcionando em outro cliente, por exemplo. Apresentações, “prints” ou descrições do software não são suficientes.

Leia também: Por que os preços das plataformas são tão diferentes?

 

4- Inexperiência

Se a empresa fornecedora da plataforma tem bastante experiência, ela concluirá o processo mais rapidamente e estará preparada para lidar com possíveis problemas que surgirem. Se ela tem pouca experiência no mercado, provavelmente precisará de mais tempo. Um projeto complexo com uma empresa inexperiente pode triplicar o tempo de entrega.

Antes de escolher o fornecedor de tecnologia, verifique a experiência de mercado da empresa, a qualificação dos profissionais que vão desenvolver o projeto,  os serviços incluídos no preço e as funcionalidades da plataforma.

#

Empecilhos que façam a entrega do seu e-commerce demorar podem surgir em qualquer projeto. Não existem fornecedores perfeitos e nem um tempo ideal para colocar o site no ar. Mas as parcerias de sucesso existem, sim! O segredo é gerir as expectativas do cliente com transparência e honestidade. Só assim é possível evitar frustrações e angústias com a espera.

 

Veja também!

Cristiano Chaussard

Especialista em E-commerce no Atacado, Marketing de Relacionamento e CRM pela ESPM e Gestão da Inovação pela USP, Fundador e Diretor de Expansão da Flexy Digital e Presidente ABComm/SC (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico em Santa Catarina).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.