Sua empresa precisa de um gerente de e-commerce agora?

Conheça as características desse profissional multitarefas.

A contratação de um gerente de e-commerce é um passo importantíssimo no processo de implantação de operações de vendas online. Já mostrei o passo a passo neste infográfico. Diante dos números impressionantes do comércio eletrônico no Brasil (R$1,81 tri em transações online em 2017) e do perfil desse profissional, ele tem sido um dos mais requisitados do momento.

Algumas empresas com operações online já pensam em alocar colaboradores exclusivamente para gerenciar o e-commerce. Em alguns casos, como shoppings online e empresas B2B, esse caminho é irreversível. E na sua empresa, já pensou em fazer este movimento?

Leia também: Quais departamentos devo criar para o meu portal B2B funcionar?

Uma boa loja virtual exige tempo e demanda de um profissional exclusivo e uma equipe qualificada. Se você pensa em ganhar maturidade com planejamento nesta área, para colher ótimos resultados de vendas online, saiba que o gerente de e-commerce é um polivalente, o profissional tático mais interdisciplinar de sua empresa.

Ele deve ter características de administrador de empresas, tecnólogo da informação, designer, analista de marketing e líder de equipe. Este é o profissional que deve saber fazer tudo sozinho, mas deve saber contratar e gerenciar especialistas melhores que ele próprio em cada área, planejar, delegar e verificar a qualidade.

Caso você aloque um profissional que já atua na sua empresa, não hesite em oferecer cursos de treinamento na área. Hoje já existem várias opções no mercado para qualificar esses profissionais.

O trabalho do gerente de e-commerce começa pelo planejamento de marketing, combinando as expectativas do cliente desejado com o produto certo para impactá-lo. A criação do ambiente mais confiável e confortável para que o cliente tenha uma experiência de compra agradável é tarefa de uma agência especializada, no entanto, o gerente deve planejar o resultado desejado e exigir a qualidade contratada. A gestão do estoque, expedição e logística é o trabalho mais interno que este profissional de e-commerce deve gerenciar. Se este trio não funcionar como um reloginho, todo o resto será muito mais trabalhoso.

O trabalho mais cotidiano do gerente de e-commerce é o planejamento para a retenção de clientes e a atração de novos. Saiba que contratar este profissional também tem impactos no seu bolso. Por ser raríssimo e disputado, está valendo ouro! O salário a ser pago varia em cada região do Brasil, por isso é difícil mensurá-lo. É um investimento, pois a contratação deste profissional vai representar uma virada para sua empresa nos negócios online.

Outra saída inteligente é procurar empresas especializadas em e-commerce, que dispõem dos profissionais qualificados e experimentados para atuarem nesta área, com mais intensidade, com a melhor plataforma de e-commerce. Se você pensa em voos mais altos no comércio eletrônico, pense nisso. Mas lembre-se do bom e velho planejamento, de colocar as contas e os números na ponta do lápis, antes de partir para esta etapa. Você sentiu que sua loja online está dando resultado crescente, procure por este profissional.

Se tiver dúvidas, entre em contato com a Flexy Digital.

 

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar