E-commerce agências

E-commerce como oportunidade para agências: aumente a oferta de serviços

Agências podem contar com parceiros de tecnologia

Muitas agências atendem empresas dos setores de atacado e varejo​. Em geral, elas oferecem serviços de publicidade, branding​ e marketing​ digital. Essa fórmula é utilizada em todo o Brasil, sem muita diferenciação. Então, por que não ampliar a oferta de serviços? Com centenas de lojas passando do offline para o online, é preciso estar atento às oportunidades: muitas empresas precisarão da ajuda de especialistas na área. Ainda que a sua agência não possua uma equipe de desenvolvimento web para entregar o serviço, você pode contar com a parceria de especialistas em e-commerce.

Com a parceria estabelecida, o e-commerce passa a ser uma grande oportunidade, tanto para as agências que ampliam a oferta de seus serviços, quanto para os clientes das agências, que terão a possibilidade de vender para um público maior e com o apoio de profissionais. 

Vender pela internet é uma estratégia para quem deseja expandir os limites geográficos e atingir um grande número de pessoas. Em 2019, mais de 61 milhões de pessoas fizeram pelo menos uma compra online: 17% do total eram novos consumidores, segundo os dados da E-bit/Nielsen. A previsão é que em 2020 esses números cresçam ainda mais. 

Apesar do e-commerce ser um mecanismo de vendas bastante conhecido, ainda há espaço para se destacar, pois nem todas as agências oferecem esse serviço. Este é o momento  certo para sair na frente dos concorrentes!

Vantagens para agências

Quando um empresário está em busca de orientação sobre como aumentar suas vendas, ele acaba se voltando para agências de publicidade e marketing digital. É nesse momento que você, agência​, ganha uma estratégia poderosa ao ​oferecer mais do que uma campanha de marketing: um novo canal de vendas e comunicação com o consumidor.

Além de potencializar o resultado das campanhas, algo que é esperado por você e pelo seu cliente, a criação de um e-commerce aumenta consideravelmente a quantidade de demanda interna. Este novo canal precisará de um layout customizado, de geração de conteúdo e de uma nova estratégia de divulgação, o que acaba por aumentar a verba de marketing.

O ecommerce é também uma oportunidade de crescimento. Entender esse tipo de negócio digital pode ser um grande diferencial na captação de novos clientes.

Leia também  o artigo “Como o e-commerce ajuda a diversificar a carteira de uma agência digital?” para conhecer 5 serviços complementares ao e-commerce para oferecer aos seus clientes.

Vantagens para clientes de agências

A principal vantagem do e-commerce para os clientes é que o custo de implantação é muito menor do que o custo para se expandir fisicamente, por exemplo. Isso para atingir o mesmo número de pessoas. 

O e-commerce funciona tanto para o segmento B2C, voltado ao consumidor final, quanto ao B2B, voltado para as vendas entre empresas. No atacado, por exemplo, é possível realizar a venda de forma automatizada e ​chegar a locais fora do alcance geográfico dos representantes comerciais. É possível, ainda, envolver diversos agentes da cadeia produtiva, inclusive nas redes de franquia, por meio da tecnologia de Marketplace.

Leia também: E-commerce ou Marketplace: qual estratégia escolher para vender online?

Existem diversas possibilidades para que os clientes das agências comecem a vender pela internet. As tecnologias disponíveis são adaptáveis a vários tipos de negócios, podendo integrar os sistemas de venda física ao online.

Além de usufruir dos benefícios do e-commerce, entre eles, o principal: aumentar as vendas. Os clientes terão a grande vantagem de contar com o apoio da agência e do parceiro de tecnologia, sem precisar fazer o trabalho sozinho.

Parceiros digitais: busque por especialistas em e-commerce

Uma loja virtual funciona com apoio de uma plataforma – sistema que abrigará todos os produtos, vitrines, acessos e etc. Para implantar e ajustar essas plataformas, as agências têm duas escolhas:

  • Usar um sistema open source gratuito. Exige uma equipe qualificada de programadores para personalizar a plataforma e ajustá-la de acordo com as preferências do cliente.
  • Usar uma plataforma proprietária, desenvolvida por terceiros.

Como nem sempre as agências contam com o apoio de uma equipe de tecnologia, a busca por parceiros é uma ótima solução. Boas plataformas de e-commerce oferecem um programa de parcerias para auxiliar as agências na parte técnica e comercial. Aqui na Flexy, por exemplo, auxiliamos as agências até a montar o modelo de negócio de venda das lojas virtuais.

A agência funciona como uma ponte entre a empresa que deseja contratar o serviço e a fornecedora do software. A parceria funciona em uma relação de troca. Assim como a agência vai indicá-las para seus clientes, a Flexy também indicará a agência para clientes com necessidades de serviços de marketing e publicidade.

A agência se encarrega de realizar o projeto com base nos modelos técnicos oferecidos e a Flexy entrega o projeto finalizado. Nesses casos, não é necessário que a agência se especialize nessa tecnologia ou que contrate pessoas específicas para esse trabalho.

Para conferir todos os detalhes, baixe agora o e-book: Guia do E-commerce para Agências.

#

O crescimento do e-commerce no Brasil serve como alerta às agências que desejam oferecer serviços completos aos seus clientes, melhorando seus resultados comerciais. A dica é analisar quais dos seus clientes atuais poderiam se beneficiar da criação de uma loja virtual e, em seguida, oferecer a solução. Deve-se ir em busca de parceiros que poderão entregar o serviço com excelência. Neste contexto, todos saem ganhando: agência, cliente e empresa de tecnologia. Se tiver dúvidas, entre em contato com a gente aqui. 

Você também pode gostar