Franquia vendendo por e-commerce

Em 2021, o setor de franchising brasileiro faturou 185 bilhões de reais, um crescimento de mais de 10% em relação ao ano anterior. Os ganhos de eficiência através da digitalização, como acontece quando a franquia vende por e-commerce, e a suspensão das medidas restritivas de distanciamento social (devido ao Covid-19) foram alguns dos fatores que influenciaram nesse desempenho positivo.  

Portanto, para ajudar você a entender como uma plataforma de e-commerce favorece o aumento do faturamento e eficácia de uma franquia, escrevi esse artigo. Continue lendo para saber mais. 

Mercado de Franquia no Brasil 

Nosso país chegou a 2.882 redes de franquias e 170.999 unidades franqueadas no ano passado, segundo o balanço de 2021 da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Todavia, além dos ganhos financeiros, este setor impacta também na criação de postos de trabalho. Em média, cada franquia gera 8 empregos diretos.

Para este ano, a projeção é de um faturamento ainda maior, R$ 201,7 bilhões, com mais de 3 mil redes de franquias, 180 mil unidades franqueadas e quase 1,5 milhão de postos de trabalho. 

O franchising é baseado na concessão do direito de uso. Ou seja, o proprietário de uma marca oferece a um empreendedor um formato já validado e bem-sucedido de negócio, capaz de ser replicado em diferentes locais.  

Assim, uma das principais características da franquia é a padronização de processos e produtos. Todas as lojas franqueadas devem ter a mesma identidade visual, padrão de atendimento e serviço, além, é claro, dos mesmos produtos. Ou seja, tudo para reforçar a identidade da marca e a sua reputação.

Portanto, esses pontos de atenção fazem com que as franquias sancionem os fornecedores que atenderão a sua rede. Inclusive, já escrevemos sobre o assunto no blog, no artigo sobre fornecedores homologados para franquias. Recomendo a leitura.  

E-commerce como transformação digital nas franquias 

Atuar apenas com a loja física não é o suficiente. E as empresas já perceberam isso. Tanto é que estão fazendo da tecnologia uma grande aliada nesse processo de impulsionar novas oportunidades de crescimento e venda. 

Junto com o comportamento do consumidor, a alterações tecnológicas estão contribuindo para a expansão de outros modelos (como o canal de distribuição e o home based) e outros segmentos (fintechs, games e agronegócio, por exemplo) nas franquias. 

Portanto, existem diferentes maneiras de unir a transformação digital às franquias de forma sustentável. Vou citar dois que considero fundamentais:

Franquia e franqueados digitais 

Para alcançar os mais variados consumidores é necessário vender online. E é aí que, à primeira vista, entra a solução da plataforma de e-commerce. Digo à primeira vista, porque quando a franquia vende por e-commerce, a plataforma deve ter outras funcionalidades além da venda final ao consumidor. 

Nesse sentido, uma plataforma online para franquias deve proporcionar uma visibilidade e controle sobre o estoque, possibilitar ao cliente retirar sua compra na loja ou receber em casa e transformar os franqueados em sellers.

Tudo isso, sem gerar qualquer conflito entre canais. A boa notícia, é que isso é possível com o e-commerce descentralizado, uma solução já usada em indústrias, atacado e varejo multimarcas e que pode ser replicada para o franchising. 

Omnichannel

De acordo com o episódio Prepare-se para o consumidor zigue-zague da série de podcast Commerce Connections On Air, do Google, a jornada de compra não é linear. Na busca das melhores ofertas e benefícios, o consumidor pesquisa e consome informações tanto do mundo online quanto offline.  

Logo, as empresas que adotam a estratégia omnichannel de integrar todos os canais da sua marca são assertivas. Afinal, o principal objetivo é gerar a melhor experiência aos clientes e consequentemente aumentar o número de vendas. 

Vantagens que a Flexy oferece no e-commerce para franquias

O crescimento do comércio eletrônico é acelerado. Só em 2021, foram 353 milhões de pedidos feitos no e-commerce, de acordo com a empresa Neotrust. Da mesma forma como acontece com as franquias, a projeção para 2022 é de aumento no número de pedidos e faturamento.  

Se você quer que a sua franquia venda por e-commerce, é necessário conhecer algumas das vantagens que a Flexy proporciona. Confira!  

Cadastro de todos os franqueados numa só plataforma

Na plataforma, você consegue reunir todos os seus franqueados no e-commerce e transformá-los em sellers. Não há limite de cadastro de franqueados e nem de produtos. Além disso, a sua franquia pode receber comissões pelas vendas.

Estoques integrados

A franquia consegue visualizar em tempo real o estoque de cada produto e informar aos clientes sobre a disponibilidade dos mesmos. Por exemplo, caso o franqueado mais próximo não tenha estoque, a plataforma automaticamente busca outra loja mais próxima que tenha o produto para completar a compra.

Retire na loja  

Ao comprar o produto, o cliente escolhe se quer receber em casa ou retirar na loja, levando os consumidores a frequentarem as lojas físicas também. Afinal, quando a franquia também tem e-commerce, a marca é fortalecida, pois ela está sendo exposta tanto no ambiente digital quanto físico.

Split de pagamentos

Realizada cobrança, o gateway de pagamento integrado à plataforma fará o split de pagamento, transferindo o valor dos produtos vendidos ao franqueado e os royalties à franquia.

A melhor solução para a franquia vender no e-commerce

A Flexy atua há mais de 8 anos no mercado de tecnologia, oferecendo soluções para as empresas através da plataforma de e-commerce. Portanto, se você quer saber mais sobre como funciona um e-commerce para franquias, entre em contato com os nossos especialistas. 

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar