marketing 4.0

Marketing 4.0 o que Kotler ensina sobre vendas virtuais?

Com o avanço da tecnologia e as mudanças decorrentes no comportamento das pessoas e suas relações, o Marketing 4.0 ganha mais espaço e se torna realidade nas empresas. Isso vem sendo influenciado pela aceleração da digitalização e a necessidade de uma relação mais profunda entre marca e consumidor.

Nesse sentido, um dos maiores precursores do marketing, Philip Kotler, provoca reflexão sobre os negócios. Confira quais são os principais ensinamentos de Kotler:

Philip Kotler e o Marketing 4.0

Para Kotler, o Marketing 4.0 é baseado em três pilares principais. Compreender quais são é fundamental para quem busca melhorar o desempenho da empresa. Por isso, veja abaixo sobre esses três conceitos que ele nos ensina:

  • Senso de comunidade e inclusão social: necessidade de abolir barreiras demográficas e geográficas ao redor do mundo e conectar mais pessoas ao todo;
  • Relação entre marcas e consumidores: a hierarquia do relacionamento com o consumidor acabou, substituindo o atendimento vertical pelas relações horizontais;
  • Influências na tomada de decisão: no marketing 4.0, o consumidor está atento ao posicionamento da marca quanto a aspectos políticos e sociais.

O que é o marketing 4.0?

Segundo o próprio Kotler, Marketing 4.0 é um modelo de ação em comunicação que se baseia na conectividade máquina a máquina e na inteligência artificial, bem como aproveita a conectividade humano a humano.

Ou seja, é uma revolução digital e que está fundamentada por conceitos elementares, como: 

  • Foco no consumidor e suas dores;
  • A criação, a comunicação e a entrega de valor (baseando-se na necessidade, percepção e crenças dos clientes);
  • Satisfazer o consumidor, mantendo-o encantado.

Quem é o consumidor 4.0?

O consumidor 4.0 é aquele que está envolvido pelo imediatismo. Isto é, ele busca a agilidade nas soluções para os seus problemas, quer que sejam resolvidos o quanto antes e da melhor maneira possível. Além disso, este consumidor não vê fronteiras entre o on e o offline, permeia os dois universos e espera fluidez na passagem entre um e outro.

Por esse motivo, ele valoriza os negócios que oferecem diferentes canais e uma experiência de compra rápida e integrada.

Como o marketing 4.0 afeta a organização do meu e-commerce?

O Marketing 4.0 afeta a organização do e-commerce pois traz em sua essência a busca em satisfazer o cliente em todas as etapas da jornada de compra.. É preciso entender o perfil do seu consumidor, suas necessidades e desejos, para desenhar o processo de venda de modo que a experiência do cliente seja a mais satisfatória possível..

Outro ponto importante é o investimento em tecnologia e inovação, de modo a buscar melhorias e estratégias para atingir quem está alinhado ao seu negócio.

Lições de Kotler para o e-commerce 

Agora, veja 3 lições de Marketing 4.0 de Kotler para o e-commerce:

  1. O Marketing não pode ser visto apenas como um setor dentro da empresa, mas como parte dela e deve funcionar de forma decisiva;
  2. Obedecer ao funil de vendas é fundamental, sendo necessário contratar profissionais que saibam o que estão fazendo para prospectar e entender as necessidades do cliente, criar e oferecer soluções, negociar e fechar a venda;
  3. A tomada de decisão precisa sempre contemplar a satisfação do consumidor, do contrário, está equivocada.

Agora que recapitulamos alguns ensinamentos de Kotler, que tal uma leitura complementar no nosso e-book, “Os 8 P’s do e-commerce”?

Por fim, para se adequar ao Marketing 4.0 de forma eficiente, saiba que você pode contar com soluções inteligentes de venda online. A Flexy entrega uma plataforma completa e robusta para atender às necessidades do seu e-commerce. Entenda quem é a Flexy e veja os benefícios! 

Comentar

3 thoughts to “Marketing 4.0 o que Kotler ensina sobre vendas virtuais?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar