tipos de plataformas de e-commerce

Vantagens e desvantagens dos tipos de plataforma de e-commerce

Ao fazer uma pesquisa sobre a estruturação de um canal de vendas online, você deve ter notado que existem vários tipos de plataformas de e-commerce disponíveis no mercado. Antes de decidir qual utilizar, é necessário analisar alguns recursos oferecidos por cada uma das diferentes opções. 

É fundamental que, ao observá-los, você leve em conta o planejamento estratégico da sua empresa, a aderência ao modelo comercial e a integração com outros sistemas utilizados. Além disso, ao escolher uma plataforma, é importante entender se ela atenderá às suas expectativas não só no momento de início, mas quando o seu e-commerce crescer e precisar de novas funcionalidades e estrutura.

Para não errar na escolha, é importante levar em consideração alguns aspectos relevantes para a sua operação, como:

  • Custos de implementação, desenvolvimento e manutenção;
  • Confiabilidade do sistema;
  • Suporte técnico;
  • Capacidade do servidor;
  • Escalabilidade;
  • Responsividade da ferramenta.

>> Nós separamos este artigo para te ajudar a entender com detalhes a importância dessa escolha

A seguir, continue acompanhando nosso post para entender as diferenças, vantagens e desvantagens dos tipos de plataformas de e-commerce.

Tipos de plataforma e-commerce 

Plataforma própria

Para ter uma plataforma própria de e-commerce, sua empresa precisa contratar desenvolvedores para criarem um sistema. Este modelo permite que você seja o proprietário de uma solução exclusiva para sua empresa. 

Ou seja, isso significa que você tem liberdade para editar o código fonte. Dessa forma, o desenvolvimento é flexível de acordo com as necessidades para executar sua operação. 

Por outro lado, o custo é mais alto devido à infraestrutura necessária para sustentar esta operação, não só em pessoas como também em servidores próprios. Além de uma operação sólida, você precisará contar com uma equipe interna de TI para realizar atualizações e manutenção do código da plataforma.

Um código fechado pode ser seguro para suas transações, porém ele pode ser quebrado por um hacker se não houver o devido cuidado especializado com a segurança do sistema. Esta segurança deve ser proporcionada por você, e não necessariamente pela empresa que desenvolveu, o que pode também tornar a manutenção mais cara. 

Open source

Plataformas de e-commerce open source geralmente são escolhidas por lojas em início de operação, por ser uma opção menos onerosa. Os códigos-fonte destas soluções são abertos e gratuitos, por isso não existe custo com a aquisição. 

Porém, para operar este tipo de plataforma de e-commerce, é necessário ter conhecimento de programação. Isso porque, o código destas soluções é mais genérico e você certamente precisará personalizar itens como layout e funcionalidades para deixar o sistema como você deseja. 

Neste caso, também será preciso ter o apoio de desenvolvedores que possam resolver seus problemas técnicos, quando eles aparecerem. Além disso, sua empresa terá custos com a hospedagem da sua plataforma, o que aumenta o custo total. 

Outra desvantagem da plataforma open source é o risco de invasão. O código-fonte está disponível e aberto para todos, incluindo hackers, que podem estudar o código em busca de brechas de segurança para realizar seus ataques. 

Plataforma Licenciada

A opção pela plataforma licenciada está ligada à compra de um software já pronto e disponível em prateleira para aquisição dos direitos de uso. Como se trata de uma alternativa mais cara, ela é utilizada geralmente por grandes empresas que possam arcar com os custos

Dessa forma, o código-fonte da ferramenta pode ser utilizado e modificado pela sua equipe de TI da forma que melhor se adequar à sua operação. Ou seja, com esta escolha, assim como na plataforma própria, você terá grandes custos para manter profissionais capacitados que realizem a otimização e manutenção necessárias ao sistema. 

A licença obtida pode ser renovada ou não, dependendo dos seus objetivos estratégicos e planejamento. Porém, é necessário ficar atento ao período de renovação, do contrário você pode ser penalizado. 

Plataforma SAAS (software as a service)

A opção de operar com um sistema em nuvem tem sido cada vez mais considerada pelas empresas. Isso porque oferece agilidade, custo reduzido e baixa dependência de TI. 

Além da facilidade de poder acessar o sistema a partir de qualquer lugar que tenha conexão com internet, não há necessidade de um servidor físico. 

Num modelo SAAS (ou software as a service)  a responsável pela infraestrutura é a própria empresa fornecedora do software. O cliente paga uma mensalidade para uso do software. Neste valor estão inclusos:

  • Infraestrutura
  • Suporte
  • Atualizações 
  • Segurança.

Vantagens do SaaS

A plataforma SaaS apresenta algumas vantagens em comparação com os outros tipos de plataformas de e-commerce. São elas:

Agilidade na implementação e manutenção

Desenvolver um software do zero ou adaptar códigos-fonte não são tarefas fáceis. Como uma plataforma SaaS já foi desenvolvida e está pronta para uso, sua implementação acaba sendo mais rápida, levando em média de três a seis meses, dependendo da complexidade do projeto de e-commerce. 

Flexibilidade na manutenção

Da mesma forma que a implementação, as manutenções e correções no sistema podem ser realizadas de maneira ágil. A empresa fornecedora tem uma equipe de TI trabalhando constantemente na manutenção do sistema. O cliente, ao encontrar algo que não está funcionando conforme o esperado, entra em contato com o suporte técnico do fornecedor que fará as correções necessárias 

Baixo custo

Nós já comentamos que o custo baixo é uma das vantagens que atrai as empresas para plataformas SaaS. Afinal, não há custos com infraestrutura própria de servidores nem a necessidade de manter uma equipe de TI interna. Segundo pesquisa da Forrester Research, o custo com TI corresponde em média a 9% do faturamento do e-commerce.

Além disso, a despesa média de uma empresa que mantém um software próprio chega a 72% de todo o orçamento disponível para a área de TI. Com o SaaS, esse custo de manutenção não existe, o que nos leva ao próximo item da lista. 

Previsibilidade de custos

Não só a plataforma de e-commerce Software as a Service reduz custos, como também ajuda a controlar as despesas mensais. Com o pagamento de mensalidades praticamente fixas, a margem de ajuste nessa conta por causa de outros fatores extra é muito pequena. 

Dessa forma, você não é pego de surpresa por ter que desembolsar recursos para cobrir manutenções, por exemplo. 

Segurança no sistema e transações

O acesso ao código fonte só pode ser feito por pessoas autorizadas, ao contrário, por exemplo, das plataformas Open Source. Além disso, as atualizações de segurança ficam por conta do fornecedor da plataforma e são constantes, prevenindo ataques de hackers. Isso diminui o risco de pessoas indevidas terem acesso aos dados das suas operações e informações de seus clientes.  

Geralmente, tais plataformas já apresentam certificações internacionais de segurança, como PCI Compliance e SSL. 

Escalabilidade

Dependendo da taxa de crescimento do seu e-commerce ou da sazonalidade, pode ser necessário fazer adaptações na infraestrutura de servidores para dar conta do tráfego elevado. Isso porque o sistema não pode nem deve ficar fora de operação, pois isso significa prejuízos.  

Uma plataforma SaaS geralmente conta com uma infraestrutura de servidores robusta que garante a estabilidade do sistema mesmo em períodos de picos de acesso. 

Recursos de customização

Outro diferencial das plataformas SaaS é a quantidade de funcionalidades disponíveis. Assim, você pode escolher determinadas funções dependendo da sua necessidade. Muitas vezes elas são oferecidas em pacotes de recursos, com possibilidade de contratação de adicionais. 

Suporte especializado

Contar com profissionais especializados é uma vantagem do SaaS. Isso porque, com uma equipe capacitada, seus problemas podem ser resolvidos rapidamente. Assim, não há necessidade de a sua empresa procurar suporte técnico fora, o que geraria custos extras. 

O suporte também poderá auxiliar sua própria equipe a resolver certos problemas, dependendo da complexidade. Assim, esta troca acaba sendo benéfica e os processos podem ser realizados com mais autonomia. 

A Plataforma de E-commerce Flexy é do tipo SaaS e reúne todas as funcionalidades essenciais para a construção de um e-commerce de sucesso! Além disso, com uma equipe de profissionais especialistas e uma infraestrutura robusta, oferece o apoio necessário para crescimento do canal de vendas online de qualquer empresa.

Além de agilizar processos e melhorar a comunicação entre os setores, é possível integrar ao seu sistema de gestão. Esta solução tem o objetivo de oferecer uma melhor visão do seu negócio para otimizar os processos e alavancar o seu negócio!

Conheça nossa Plataforma para entender os benefícios de ter uma ferramenta segura, robusta e flexível pode trazer para sua operação de vendas! 

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar