Quais as vantagens de uma plataforma de e-commerce SaaS?

7 motivos para escolher o Software as a Service

A aquisição de uma plataforma de e-commerce envolve mais recursos do que simplesmente o software de vendas. Além do código, há a necessidade de fazer a gestão do servidor onde o portal está hospedado, cuidar da segurança, realizar atualizações periódicas, entre outros. É por isso que, em muitos casos, uma plataforma de e-commerce SaaS (Software as a Service) é a melhor opção para quem deseja lançar uma loja virtual em menos tempo, com mais flexibilidade e menor custo. Nessa modalidade, o serviço contratado é terceirizado, pago mensalmente, e já prevê todas essas responsabilidades, fazendo com que você foque somente no seu negócio.

Uma empresa também pode optar por contratar plataformas Open Source ou On Premises, outras opções comuns no mercado. No primeiro caso, o código fonte é aberto e gratuito, porém todas as atualizações, suporte e correções dependem de uma comunidade de desenvolvedores. Esses sistemas geralmente disponibilizam uma versão bem simples da plataforma e necessitam de desenvolvimentos adicionais para atender uma operação online. Funcionalidades como integração com sistemas de pagamento, transportadoras, promoções e customizações de layout podem ser desenvolvidas ou instaladas através de módulos ou plugins. Nesse caso os custos ficam por conta da companhia e é necessário conhecimento técnico para fazer as customizações. O investimento inicial em software é baixo, porém os desenvolvimentos adicionais podem tornar o projeto caro e o tempo para publicação (go live) longo.  

Na modalidade On Premises, a empresa paga pela licença de uso do código, ou seja, ela também se torna proprietária do software, mas o restante fica totalmente por sua conta, o que exige a contratação de uma equipe especializada para fazer a loja funcionar. 

Já uma plataforma de e-commerce SaaS funciona como um aluguel. O código já está pronto e o empresário paga um valor mensal para manter a loja funcionando, com todo o suporte necessário, sem precisar adquirir o hardware e contratar equipe de TI, por exemplo. É só chegar e morar.  Assim como acontece no mundo imobiliário, o software é propriedade da empresa de tecnologia. Então, se o contrato se encerrar, a loja também se encerrará.

Leia também: Quem é o dono do software de e-commerce?

Em suma, as principais diferenças entre essas opções apresentadas anteriormente giram em torno, principalmente, da dependência da equipe de TI, da responsabilidade pelo hardware e do suporte das operações, como é possível ver na tabela a seguir. Elas acabam influenciando no produto final e, consequentemente, no preço.

Comparação Plataformas de E-commerce Open Source, On-Premises e Saas.

Cada tipo de negócio, tamanho da empresa e estratégia comercial demanda uma tecnologia específica. Portanto, todas as opções resolvem problemas específicos. No entanto, a modalidade SaaS é uma das mais procuradas pela facilidade e agilidade em se implantar um projeto online. Entenda as principais vantagens de escolher uma plataforma de e-commerce SaaS abaixo.

1 – Custo reduzido e previsibilidade

Em uma plataforma de e-commerce SaaS, a tecnologia já está pronta para uso e o cliente pode usufruir dos módulos tradicionais de software sem a cobrança de licença, o que reduz os custos iniciais de implantação. Isto é, não é necessário um investimento muito alto para começar a vender online.

O valor pago mensalmente também traz previsibilidade sobre o que será gasto todo mês, evitando surpresas, ainda que sejam feitas integrações e atualizações.

2 – Integrações e customizações simplificadas

Geralmente, as empresas que fornecem tecnologia SaaS, como a Flexy Plataforma de E-commerce, oferecem uma ampla gama de funcionalidades, como forma de diferenciação no mercado, que podem ser integradas com facilidade, muitas vezes, já fazendo parte do pacote mensal. Em outras modalidades, como Open Source, o custo de aquisição de novos módulos e funções pode ficar caro.

3 – Infraestrutura e Estabilidade

Ao contratar uma plataforma SaaS, sua empresa não precisa instalar, manter e atualizar hardwares ou softwares, sua loja será hospedada em um ambiente protegido por firewall, IDS, servidores redundantes e storages. Os dados ficam armazenados na nuvem, o que permite que os aplicativos sejam acessados a qualquer hora e de qualquer lugar. Uma infraestrutura complexa e cara para se contratar sozinho, no caso de uma solução open source por exemplo.

Uma plataforma SaaS costuma ter alta estabilidade de servidores, evitando quedas e lentidão, com SLA (Service Level Agreement) atingindo até 99,9% de disponibilidade, garantindo que o site ficará no ar quando acessado pelo consumidor. 

4 – Elasticidade e Escalabilidade

Para evitar quedas no site em períodos de picos de acesso, como em datas comemorativas, é necessário que o servidor da plataforma de e-commerce tenha a capacidade de expandir ou contrair a infraestrutura de processamento, o que chamamos de demanda elástica.

Fornecedoras de tecnologia que trabalham com a modalidade de SaaS já prevêem esse tipo de situação desde a assinatura do contrato. Isto é, elas permitem aumentar o tamanho e capacidade da loja virtual caso ela cresça.

Como já explicamos no texto ‘’Como escolher o melhor software desde o início?’, aqui na Flexy, o software funciona com um limite de 100 mil acessos simultâneos. Porém, ao atingir 90% da capacidade, esse limite sobe para 150 mil. Isso acontece mais e mais vezes, conforme necessário, uma vez que já faz parte dos serviços contratados e definidos no contrato inicial.

Além da capacidade e elasticidade dos servidores, um projeto de e-commerce SaaS oferece escalabilidade, isto é, a possibilidade da plataforma crescer dentro da mesma estrutura – ganhar novas funcionalidades, mais infraestrutura, segurança, velocidade e etc – sem a necessidade de fazer uma migração. Em outras palavras, seu e-commerce é capaz de desenvolver e evoluir junto com o seu negócio.

Leia também: Migração da plataforma de e-commerce: os desafios de quem precisa fazer a troca

5 – Tempo de implementação menor

Como a tecnologia está pronta, algo que já mencionamos anteriormente, sendo somente necessário customizá-la com as funcionalidades específicas, adaptar os layouts de back e front-end, fazer o cadastro dos produtos e as integrações, o prazo médio para uma loja virtual que utiliza uma plataforma de e-commerce SaaS ser publicada é menor.

6 – Suporte especializado

Dentre os grandes diferenciais de uma plataforma de e-commerce SaaS está o suporte prestado. Não é indispensável ter funcionários de TI dentro da empresa uma vez que ela pode contar com o apoio da equipe da fornecedora, que possui expertise no assunto, sendo capaz de auxiliar antes, durante e depois da publicação do site.

Certamente, não são todas as empresas de tecnologia que oferecem esse serviço, sendo um fator diferencial de algumas delas: vale pesquisar a fundo antes de escolher a sua plataforma. Na Flexy, a equipe de suporte está sempre disponível e acompanha o projeto desde o início, com a implementação acompanhada por um especialista até a publicação da loja, e durante todo o período de contratação da plataforma para garantir o sucesso dos seus clientes. 

7 – Atualizações e Segurança

Em uma plataforma de e-commerce SaaS, as atualizações são gratuitas e feitas periodicamente, o que garante a aplicação constante de melhorias para evitar falhas, bugs e outros problemas. Tais erros colocam em risco todos os negócios da sua empresa.

Outro fator importante para o seu negócio é a segurança do portal. Qualquer detalhe que gere um sentimento de insegurança é capaz de fazer o consumidor desistir da compra. Em plataformas Open Source, o código é aberto e disponível a qualquer internauta, o que facilita o acesso às informações e, consequentemente, o trabalho de hackers. Nesse caso, para evitar ataques, é preciso contratar uma equipe especializada, o que pode elevar os custos.

Já em um sistema SaaS, a sua loja virtual está hospedada em um ambiente protegido por um conjunto de serviços como Firewall e IDS, que já estão incluídos no pacote mensal.

#

A plataforma de e-commerce SaaS é, sem dúvida, uma das opções com melhor custo-benefício do mercado para quem deseja desenvolver um projeto online. Mas, não se engane! Vale a pena fazer uma pesquisa aprofundada sobre todas as funcionalidades que a fornecedora de tecnologia oferece dentro do valor do serviço. Se tiver dúvidas sobre essa modalidade, entre em contato conosco ou deixe seu comentário aqui.

Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Você também pode gostar